Já se perguntou o que é preciso para sair de uma situação adversa? Para se levantar quando as coisas


Esta leitura lhe ajudará a identificar o quê, o porquê e o como das habilidades de resiliência, bem como a ser mais eficaz diariamente. A palavra resiliência não é aquela usada casualmente, mas muitas vezes as pessoas dizem que não conseguem lidar com a pressão, desistem quando as coisas ficam difíceis, ou somem quando mais precisamos. Se já ouviu alguma dessas descrições, elas descrevem alguém que pode se beneficiar com o aumento da resiliência. Criar resiliência é como desenvolver um novo hábito. Exige tempo, repetição, persistência e muita prática. Situações estressantes podem drená-lo emocionalmente, mas quando se é resiliente, você aprende a superá-las e se torna mais forte. Atletas, por exemplo, sempre treinam com um limite mínimo que precisam alcançar. Às vezes, esse limite pode ser o maior nível de esforço que eles precisarão alcançar durante uma competição real. Durante o treinamento, eles simulam condições que treinarão seu coração, pulmões e todo o corpo para o evento real. É preciso treinar para praticar o aumento da resiliência e ser capaz de lidar e prosperar diante das adversidades. De certa forma, você treina seu nível de resiliência estatal para eventualmente aumentar seu nível de resiliência. Desenvolver a resiliência envolve cinco habilidades, que lhe ajudarão a estar mais bem preparado para enfrentar um evento estressante:

Prática de fazer pedidos (enfrentar a rejeição) - Em sua busca para aumentar o limite de resiliência, desafio você a pedir coisas que não sabe se receberá. Vamos começar com pequenas coisas irrelevantes, como ajuda para guardar os produtos em sacolas ou pedir um desconto em um item não marcado como tendo um preço mais baixo. Estes pedidos têm uma grande chance de receber um não. Mas o objetivo é fazê-lo se acostumar com “não”. Quando isso acontecer, gerencie sua linguagem interna. Em vez de pensar sobre a negatividade da resposta, elogie-se pela iniciativa e pense na próxima oportunidade.

Aprender algo novo - Aprender uma nova habilidade transforma você. Tira a pessoa da zona de conforto. Pressiona a criar novos caminhos cerebrais, seja a habilidade mental ou física. Cria oportunidades para falhar e tentar novamente, e cria resiliência.

Enfrentar situações desconfortáveis - Aumentar o limite de resiliência envolve estar confortável com o desconfortável. Enfrentar situações desafiadoras ajuda a se sentir confortável com o desconfortável, e resiliência tem a ver com isso. Não queremos que se sinta infeliz, mas que se desdobre e se prepare para eventos estressantes no futuro.

Gerenciar sua energia - Se quer estar em ótima forma para enfrentar situações desafiadoras, cuide de si mesmo. Você estará preparado para gerenciar o estresse se estiver cheio de energia.

Praticar pensamento positivo - É da natureza humana pensar negativamente em desafios, especialmente imprevisíveis. As pesquisas são claras: pensamento positivo e monólogos não melhoram só nossa saúde, mas influenciam nossa visão da vida. O objetivo é treinar para reagir com uma perspectiva positiva em todos os contratempos.

A resiliência e a força envolvidas não são aprendidas em livros ou em sala de aula. São aprendidas na prática, nas trincheiras da vida cotidiana. Aumentar o limite de resiliência é um trabalho contínuo e tem que acontecer nas trincheiras. Continue fazendo isso e você se tornará mais resiliente.

Daiane Buzatto- @daiane_buzatto

Master Coach Executiva - Diretora do IMC Alto Uruguai

imcaltouruguai@imentorcoach.com.br

Contato

(55) 9 9941 1161  - contato@fredmagazine.com.br

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon

RS 591, N° 200, Jardim Primavera
Frederico Westphalen/RS