Como cuidar das crianças em tempos de coronavírus

Conversamos com a Pediatra Isabel Panosso sobre como o Covid-19 tem afetado nossas vidas, como podemos estar nos prevenindo dele e cuidando das crianças.




FredMagazine: Como podemos prevenir nossas crianças do Covid?

Isabel Panosso: Como todos sabemos o isolamento social, no momento, é uma das poucas medidas confirmadas para prevenção do covid-19, intensificar hábitos de higiene, também, é de extrema importância nesse momento, já que o vírus é transmitido através de gotículas e do contato, o período de incubação do vírus é em média 5-14 dias, com algumas variações, por isso esse número de 14 dias para mantermos o isolamento social.


Fredmagazine: Se uma pessoa tem contato com o vírus e ele se manifesta de forma fraca, ou não se manifestou. Podemos desenvolver a doença em outra oportunidade?

Isabel Panosso: Alguns estudos demonstraram a possibilidade de reinfecção devido ao fato da mutação do vírus, o mesmo segue com o exemplo da vacina da gripe, devemos fazer todos os anos pois sempre surgem vírus diferentes, desta forma as medidas de prevenção devem ser seguidas.


FredMagazine: Quando saber que devemos levar as crianças ao hospital? Ou que os sintomas são de coronavírus?

Isabel Panosso: Os sintomas de covid são muito semelhantes a uma gripe, os sinais que devemos estar atentos é falta de ar, cansaço para respirar, febre. Esses são os principais sinais para procurar atendimento hospitalar. Não devemos procurar o hospital quando a criança apresentar apenas sintomas leves, nesse caso entre em contato com o seu pediatra e siga as orientações.


FredMagazine: Como o vírus atua no organismo?

Isabel Panosso: A porta de entrada do covid é a via respiratória , por isso exaustivamente os órgãos de saúde enfatizam a importância de higienizar as mãos com água e sabão ou álcool gel, não coçar os olhos, não colocar a mão pelo rosto, pois os primeiros sintomas são do trato respiratório superior, nariz escorrendo dor de garganta, tosse, quando a situação começa se agravar o vírus invadiu o trato respiratório inferior, ai começam os outros sintomas de falta de ar, cansaço, pneumonia e podendo evoluir para insuficiência respiratória.


FredMagazine: Estamos todos reclusos sem um prazo de termino desse isolamento social, isso é bom para a saúde mental dos pequenos?

Isabel Panosso: Ainda não temos um prazo para termino do isolamento domiciliar, pois como é um vírus novo, pouco se sabe sobre ele, o que nós, mais sabemos é o que os outros países vem nos mostrando, acredito que nós adultos somos muito mais prejudicados na questão de saúde mental do que os pequenos, é extremamente importante diversificarmos as atividades e colocarmos nossa criatividade em dia, realizando brincadeiras diferentes, se a criança é maior pedir auxílio na cozinha para entreter nos afazeres, realizar atividades de desenvolvimento, sermos criativos.

FredMagazine: Muito tem se falado sobre a alimentação saudável ser uma aliada ao combate ao coronavírus, pode nos explicar porquê?

Isabel Panosso: A alimentação saudável é importante em todos os momentos na saúde da criança, o pediatra sempre conversa com os pais na consulta de rotina sobre a importância da de se manter uma alimentação balanceada.

A alimentação dos 1000 dias que vai desde a gestação até os 2 anos do bebe nos garante a formação de um paladar saudável e consequentemente um adulto saudável. Com a alimentação saudável, aleitamento materno e calendário de vacinação em dia, conseguimos manter uma boa imunidade.


Fredmagazine: Qual a principal diferença entre o Covid-19 e a H1N1?

Isabel Panosso: A principal diferença desse vírus em relação ao H1N1 é a velocidade de transmissão em média o H1N1, uma pessoa transmitia para 1,3 pessoa, já o covid 19, uma pessoa transmite para 4,08 pessoas, desta forma a taxa de transmissão é até 4 vezes maior, por isso a importância de permanecermos em casa para achatarmos q curva e não superlotarmos os hospitais todos em um mesmo momento.

Nossa maior dificuldade no momento está sendo em relação as notificações, como tem muito poucos testes disponíveis no país nossos números estão mais baixo do que realmente são. Deixo aqui como dica para os pais, tomem cuidado com o uso de algumas medicações principalmente em criança, onde o uso acaba sendo exagerado, como o caso de corticoides e descongestionantes – são medicações que deve seguir o critério medico para o uso.


Foto: @mundo_da_doce_valentina

Contato

(55) 9 9941 1161  - contato@fredmagazine.com.br

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon

RS 591, N° 200, Jardim Primavera
Frederico Westphalen/RS